Protestos: vandalismo ou manifestação?

Em Paris, estão/estavam acontecendo protestos contra a reforma trabalhista. A reforma está a favor do patrão. A classe operária não está/estava contente. Lugares depredados, confrontos tensos entre manifestantes e a polícia. Pessoas, truculência, violência. Na TV, nos jornais, na mídia.


PhotoGrid_1464302621681.jpg
Em 2013 a passagem de ônibus aumentou para R$3,20. Todo mundo viu: pessoas, truculência, violência.  Quando é a esquerda brasileira que protesta contra o governo, a mídia (majoritariamente direitista) usa rótulos para tentar definhar, não legitimar e descaracterizar a real função do protesto, de poder ser contra as ideias do governo (de ‘direita’). Quem não lembra clica  aqui.

Esses são um tipo de protesto. Uma coisa vista pelas pessoas, ou melhor dizendo, vista na TV como ruim, como vândalos. E existe outra coisa.

No  Brasil, outra coisa são manifestantes. São aqueles que vestem verde e amarelo sem ser na Copa, que odeiam o PT e nem sabem que na esquerda existem outros partidos. Manifestantes não levam porrada da polícia porque eles são a favor da direita e a direita é quem está no poder. É simples assim. Assim é a recepção da polícia no dia de manifestação: simpática, amistosa e selfies.  

Manifestantes são aquelas pessoas que bradaram contra o governo Dilma, que foram na marcha da família,  aqueles que são contra a corrupção e ao mesmo tempo aguardam alguma coisa (boa) do governo Temer, de braços cruzados, sem brandir, e sem marchar, independentemente das contradições que isso seja.

IMG-20160526-WA0004

O que adianta ficar onde se está no Brasil que temos? Um país com sua corrupção escancarada e com as pessoas da altas classes se negando a ver. Se negando a tomar alguma atitude. Se negando a ser parte do Brasil.

Vamos esperar para ver o que vai acontecer, eles dizem. Qual o benefício que isso leva a todos? Vamos esperar para ver mais e mais corrupção jogada na nossa frente e aí aguardamos mais?

Sim, eu realmente gostaria de entender a direita desse país que está quase sem solução. Porque todos somos ainda somos um único Brasil e a ideia mais lógica seria de nos unir de forma coerente para acabar com essa corrupção, independentemente das ideologias políticas do outro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s