CONTO CURTO DE TERROR

  Bernardo desceu os degraus da enorme escadaria de pedra. No ar úmido e frio da masmorra havia um forte odor adocicado de sangue. Nenhum outro cheiro o atraía com tamanha intensidade. Respirou fundo, desejando prolongar a sensação excitante, e sorriu: aquela noite não poderia ter sido mais perfeita. O corpo degolado da vítima ainda…

LOUCURA DE AGOSTO

  Naquele bairro, o fim de julho era marcado pela loucura de Alfredo Bini, que entrava em seu carro imaginário e seguia em disparada pelas ruas apertando uma buzina presa ao cinto. As corridas noturnas aconteciam apenas em agosto. Nos outros meses, Bini era um funcionário exemplar. Trabalhava no boteco do Juca, levando uma vida…